Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Porto de Futuro

As pessoas e as ideias por detrás das empresas. O Porto como ponto de partida.

Porto de Futuro

As pessoas e as ideias por detrás das empresas. O Porto como ponto de partida.

I de Incubação

A incubação está diretamente relacionada com as start-ups. É um processo de transferência de tecnologia que estimula a criação, desenvolvimento e consolidação das empresas competitivas mediante a adoção de práticas administrativas modernas e a absorção de tecnologias inovadoras.

 

A incubação é uma espécie de facilitador do processo empresarial e de inovação das empresas em fase inicial, ou seja, as start-ups. A incubação caracteriza-se pela utilização de um espaço físico especialmente construído ou adaptado, numa incubadora que aloja temporariamente empresas da cadeia produtiva, cujo diferencial de negócio seja a inovação. Esse espaço está muitas vezes associado a universidades ou centros de inovação. A incubadora fornece serviços de assistência, suporte e condições de sobrevivência para os negócios emergentes, que ficam “incubados” até que estejam preparados para a sua inserção no mercado, isto é, quando atingem autonomia e sustentabilidade. Normalmente, existem três fases de incubação:

 

Pré-incubação: Quando as ideias ainda não se materializaram. Esta fase auxilia na transformação dessas ideias em negócios de sucesso. Os empreendedores têm de desenvolver o modelo de negócio, fazendo a pesquisa de mercado necessária e desenvolvendo os protótipos dos produtos e/ou serviços. No final desta fase, o grupo terá idealmente conseguido testar a viabilidade da futura empresa, e o passo seguinte será a fase da incubação.

 

Incubação: esta fase pressupõe que a empresa já esteja legalizada e que o negócio tenha atingido um patamar de maturidade considerável. Nesta fase a empresa começa a movimentar-se no mercado e a angariar os primeiro clientes ao mesmo tempo que melhora os seus produtos e/ou serviços.

 

Pós-incubação: Consiste num período em que a empresa ainda utiliza os serviços e competências da incubadora para aperfeiçoar o seu produto, desenvolver a sua própria gestão e penetrar no mercado, de forma a consolidar o seu modelo. A partir daqui, ela estará pronta para dar os próximos passos sozinha, que passam também por se tornar capaz de se transferir para um espaço físico próprio. A empresa atinge a fase de graduação, isto é, consegue inserir-se com sucesso no mercado, podendo ou não manter algum vínculo com a incubadora.

 

Estas três fases podem ter um tempo de duração variável entre os dois e quatro anos.

Olá!

Seja bem-vindo. Se chegou até aqui veio à procura de ideias novas, negócios em ascensão e mentes criativas. Este blog é o lado mais visível da parceria entre o Portal SAPO e o UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto. Fique mais um pouco e sinta-se em casa :)

UPTEC

SAPO

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mensagens